"Instagraniando" Felicidade - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

- A boa nova está chegando -

COR JOVEM - Grupo de Jovens Católicos

Home Top Ad

Post Top Ad

12/07/2017

"Instagraniando" Felicidade


"É impossível fugir de si mesmo ..." Começo esse texto com a frase colhida do livro "A fascinante construção do Eu" , apenas para deixar claro que não há opção, não existe esconderijo, no fim a conta sobre quem você realmente é chegará.

Vivemos hoje o tempo das mais falsas perfeições, da felicidade 'instagraniada" nos "Stories" da vida, e nesse ciclo muitas vezes somos quase que adestrados por nossos meios sociais a mostrarmos uma carapaça de vida que na verdade expressa apenas uma capa bela de um livro vazio. A necessidade de aparentarmos para todo mundo, a todo momento, e principalmente para as pessoas mais próximas que não somos vítimas das mazelas de nossos erros e imperfeições vem nos transformando em seres especialistas em auto-engano.

Fingimos que não termos fraqueza por que acreditamos que o mundo é cruel e que só os fortes terão algum destaque,  somos como leões que lutam pelo último pedaço de carne, triste né, mas infelizmente muitos pensam assim, e na busca frenética por sermos destaque e quem sabe conquistarmos uma centena de likes viramos personagens fictícios de nossa própria existência.
"São Mendigos de humanidade ajudando Mendigos de fome."
E qual o problema de vivermos assim?
De cara, solidão, não ter ninguém para partilhar uma dor, uma frustração, uma queda. A necessidade de parecermos sempre fortes e perfeitos diante dos outros nos impede de mostrarmos até para os mais próximos as nossas falhas, as nossas dores, muitos sofrem calados por anos, sedentos por um conforto que nunca chegará, por que para os que acompanham seus esboços de felicidade a vida é como um eterno ledice.

segundo problema é nos transformarmos em fanáticos de nós mesmos,  cegos das tristezas alheias, preocupados apenas com aparência que iremos figurar pelas frias rodas sociais, e assim vamos nós vagarosamente caminhando para a total insensibilidade do ser. Vivemos preocupados apenas com nossas questões, com nossa imagem, com aquilo que  as pessoas falam da gente, e pior, muitas vezes nos confortamos, ou tentamos nos enganar,  na frieza das míseras e sazonais filantropias, são mendigos de humanidade ajudando mendigos de fome.

Então pense bem, reflita, primeiro sobre a sua existência, você tem sido sincero consigo? Tem-se permitido assumir as suas falhas? Em seguida reflita sobre as pessoas próximas a você, talvez elas estejam nesse exato momento vivendo, ou pior, clamando para sair da "teia" do auto-engano, loucas por instantes de vida real e sem julgamentos alheios, alguém precisa dar o primeiro passo, que tal você?


Por:  Danilo RNO


COR JOVEM NO YOUTUBE


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad