Onde Maria é citada na Bíblia? - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

" Criatividade a serviço da Evangelização "

COR JOVEM - Grupo de Jovens Católicos

11/09/2017

Onde Maria é citada na Bíblia?




Nossa Senhora é um dos tantos títulos dados à mãe de Jesus. E, por isso, toda vez que encontramos alguma referência à Maria na Bíblia aí está uma passagem que fala de Nossa Senhora.

Nascimento e infância:

A menção a ela aparece sobretudo no assim chamado "evangelho da infância", que são os relatos presentes sobretudo nos Evangelhos de Mateus e Lucas que falam da infância de Cristo.

Em Mateus, nos capítulos 1 e 2, Maria aparece na descrição da anunciação do nascimento de Cristo e no seu nascimento em Belém.

Em Lucas, a partir de 1,26, é descrito de forma detalhada a anunciação pelo anjo Gabriel enviado a Maria. Depois, a partir de 1,39, fala de Maria que vai ao encontro da prima Isabel, que também está grávida, de João Batista. No capítulo 2 Lucas conta o nascimento de Jesus. De 2,41-2,50 conta o fato que o menino Jesus, com 12 anos, se perde dos pais e finalmente é encontrado por eles no Templo, ensinando os doutores. Lucas conclui o seu "evangelho da infância" dizendo:

Sua mãe, porém, conservava a lembrança de todos esses fatos em seu coração. E jesus crescia em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e diante dos homens (Lucas  2,51-52)

COR JOVEM NO YOUTUBE

Durante o ministério de Jesus:

Também durante a vida pública de Cristo, há algumas passagens onde é descrita a presença da sua mãe. 

Bodas de Caná
: Maria intercede para que Jesus venha em auxílio dos noivos, que ficaram sem vinho. Jesus então realiza, segundo João, o primeiro milagre, transformando a água em vinho - João 2,1-12;

Marcos 3,31-35:
 a família, com sua mãe, vai ao encontro de Jesus. Jesus então se pergunta: "quem é minha mãe e meus irmãos?" E responde: "quem fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe."

Na paixão - Diz João:
 "perto da cruz de jesus, permaneciam de pé sua mãe... Em seguida a confia a João dizendo: "eis tua mãe!" (João 19,25-27).

Na igreja nascente
:


O livro dos Atos dos Apóstolos mostra como Maria fazia parte da primeira comunidade, depois da ressurreição:

Atos 1,12-14:
 junto com os apóstolos, após a ascensão de Cristo, se reuniram na "sala superior" algumas mulheres, "entre as quais Maria, a mãe de jesus".


A Virgem Maria na Bíblia:

O Profeta Isaias profetizou que o Salvador nasceria de uma virgem, (Isaías 7:14) “Portanto, o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel”.

Maria foi escolhida entre as milhares de jovens de Israel não só por ser uma virgem, mas porque era uma serva fiel aos ensinos de Deus, uma jovem santa de Deus. Ela era desposada com um varão chamado José, porém ainda não tinham se ajuntado, (Mateus 1: 18 a 20) “Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então, José, seu marido, como era justo e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo”. 

Após essa visão José recebeu Maria como mulher, porém não viveu maritalmente até o nascimento de Jesus, (Mateus 1:24e 25) “E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher, e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe o nome de JESUS”

O evangelho de Lucas confirma o anúncio do nascimento de Jesus, (Lucas 2:10 e 11) “E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo, pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor”.

Nasceu assim o Unigênito de Deus (1 João 4:9) “Nisto se manifestou a caridade de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos”. Sendo Ele Jesus, como diz a Bíblia o primogênito de Maria em (Lucas 2:7) “E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem”. Unigênito de Deus e o primogênito de Maria. Quando se diz: Unigênito sabe-se que é único e quando se diz primogênito sabe-se que há outros, porque senão diria unigênito e não primogênito.

Resumo: Maria era uma virgem santa que Deus escolhera para trazer Seu filho ao mundo para salvar os pecadores ninguém pode negar as qualidades dessa fiel serva de Deus. Era virgem pura e permaneceu virgem após o parto de Jesus.

Maria dá-nos exemplo o qual devemos seguir; foi fiel, santa e obedecia aos ensinos de Deus. Ela foi agraciada e bendita entre as mulheres pela sua fidelidade e submissão ao Criador. Ela não teve nenhum privilégio acima dos demais fiéis, o que ela teve foi fidelidade, sinceridade e obediência ao Senhor. 

Fonte: catolicismo Romano
Pesquisa: Iasmim Fonseca
Revisão: Danilo Nery

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad