Por que não sou a favor de adotar livros na catequese? - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

" Criatividade a serviço da Evangelização "

COR JOVEM - Grupo de Jovens Católicos

1/26/2017

Por que não sou a favor de adotar livros na catequese?


Nossas catequeses são mais doutrinárias do que nós admitimos que sejam. Duvida? Quanto tempo fazemos uma catequese engessada? Que não olha para fora? Que não repara no que a Comissão Arquidiocesana de Catequese está sinalizando? Que não avalia o caminho para poder prosseguir? Que não revisa a metodologia adotada?  Lembro que trabalhamos com o mesmo roteiro na catequese por anos seguidos. Havia poucas mudanças. Nas reuniões de planejamento, copiávamos os temas do livro que estávamos adotando, só incluindo os temas do ano litúrgico. A verdade é que seguimos a mesma receita de bolo há décadas sem questionar. 

Ficamos acomodados seguindo o roteiro de um livro que apresenta todos os encontros prontos, passo a passo. O que eu quero que você pense comigo é: esses livros podem ser ótimos, mas não foram pensados para os catequizandos da nosso bairro. Quem escreve um roteiro de catequese não mora na nossa comunidade e acaba elaborando roteiros muito genéricos que passam longe do anseios da nossa catequese particular. Lembro de um autor de livros de catequese que disse não ter desenvolvido  o passo "ver a realidade" (do método ver-julgar-agir) porque não conhece a realidade de cada paróquia. O "ver" é por conta de cada catequista. Catequista, você está olhando bem a  realidade da sua comunidade? 

Geralmente, a equipe adota um livro e os catequistas não adaptam o roteiro do livro para a realidade deles. Sou a favor de adotar livros se houver um planejamento para adaptar este material e para ter liberdade de se escolher ou não aquela dinâmica que o livro sugere. O que acontece é que o catequista nem planeja o encontro de catequese, só executa o roteiro pronto.   E quando não se adotam livros, os catequistas copiam encontros completos da Internet sem a preocupação de adaptá-los para a realidade eclesial e social da comunidade.  E pior, já tive notícias de coordenadores que não entregam para os catequistas o cronograma do ano. O catequista deve adivinhar. Ou pegar no google. Se isso estiver acontecendo, fale com  a coordenação-geral da catequese. Se não resolver, fale com o pároco.  A catequese deve ter planejamento.  Não podemos mais admitir  catequese sem planejamento, sem método, sem direção.

O que nós devemos fazer é, baseados no DNC (Diretório Nacional da Catequese) e nas orientações da nossa arquidiocese para os temas que cada etapa deve contemplar,  criar nosso cronograma de acordo com a realidade da nossa comunidade. E na hora de planejar o encontro de catequese, que todos os catequistas da etapa possam se reunir para planejar juntos, não copiar juntos o roteiro do livro ou da internet, mas construírem juntos o encontro de catequese.  Sabe do que nós estamos precisando? De catequistas que sejam capazes de planejar e elaborar um encontro de catequese. E para isso, é preciso aprender o método, aprender a planejar, a pesquisar, a selecionar, a criar, a adaptar dinâmicas e temas para sua catequese.

Vamos pensar, ou melhor, repensar nosso cronograma de temas? Vamos melhorar o planejamento dos encontros olhando de fato para a realidade, para fora, e não apenas olhando para o tema e fazendo perguntas sobre o tema, sem se interessar em conectar o texto bíblico à vida? E mais uma coisa: se sua catequese ainda não mudou para o IVC (Iniciação à Vida Cristã), estamos no mesmo barco, mas podemos melhorar, mudar aos poucos. Ou vamos esperar o IVC ser implementado para começar a pensar numa catequese que leve o catequizando ao encontro com Jesus? Precisamos adotar uma metodologia, se não temos condições de ir para IVC, que seguimos o método ver-julgar-agir, o que não pode acontecer é uma catequese sem método.

 A catequese em pouco tempo está reiniciando.Vamos planejar. Vamos "ajustar as velas".

Cris Menezes
Catequista- Brasília DF
Fonte: http://catequesedeeucaristia.blogspot.com.br/2017/01/por-que-nao-sou-favor-de-adotar-livros.html?spref=fb&m=1







DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad