[Décimo Nono E.S.] - Temer à Deus? E o meu real valor? - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

" Criatividade a serviço da Evangelização "

Post Top Ad

Responsive Ads Here

[Décimo Nono E.S.] - Temer à Deus? E o meu real valor?

Share This


Temer à Deus? E o meu real valor? Foi o tema apresentado no E. S. desse sábado, tema esse que trouxe aos membros Cor Jovem reflexão e que os mesmos dividiram com o grupo fatos que marcaram e marcam a vida de cada um até hoje.
Composto por Amanda Ribeiro, Auane..., Ana Marta e José Cleverton, os membros trouxeram para o grupo um assunto que vemos no nosso dia a dia, porém não paramos para refletir direito. O grupo, trabalhou em cima de um personagem bíblico que tem uma história que deixa muitas pessoas perplexas. Jó, foi o personagem escolhido!
O real significado de temer e temer à Deus.
Muitos conhecem temer, como ter medo de algo, mas temer a Deus tem outro significado, como podemos ter medo de algo que nos sentimos bem, Deus é sentir-se bem, é amor, é acreditar, é ter fé...
História de Jó
Jó tinha tudo na vida, era bem-sucedido, tinha filhos, mulher, amigos... mas começou a perder tudo, porém a sua fé é o que prevalece no decorrer da história. Jó nunca perdeu a fé e nunca deixou de temer à Deus, perdeu os filhos, até doente Jó ficou (lepra: doença da época, conhecida nos dias atuais como hanseníase), a esposa o abandonou e pediu que ele condenasse à Deus por estar passando por toda aquela situação, os amigos achavam que Jó estava pagando por um mal que ele havia feito. Depois de tudo Jó voltou a ter a riqueza que possuía, mas não voltou a temer a Deus, pois o mesmo já tinha o temor do Senhor desde o princípio.
Os membros trabalharam com duas dinâmicas. A primeira era colocar uma palavra que representasse um significado sobre “temer à Deus”, palavras como respeito, fé, confiança, dentre outras foram representadas pelo grupo; a segunda dinâmica é conhecida como “valores”, em um pote cheio de papeis enrolados com valores pessoais escritos, os componentes falaram os valores que tinham retirados e se reconheceria alguém no grupo que   possuía aquele valor predominante como, amor, humor, cooperação, dentre outras. A partir dessas dinâmicas os jovens fizeram uma reflexão e foram questionados.
Existe pessoas como Jó nos dias de hoje? O debate foi feito e a partir disso, casos foram expostos por cada componente que relatou por livre e espontânea vontade. A falta de agradecer e a quantidade de pedidos também foi um assunto posto em pauta. Chegando à conclusão que na vida precisamos agradecer mais do que pedir, mesmo naqueles dias que não estamos em um dia muito agradável, mas estamos ali, respirando, enxergando, com a saúde boa, o por que não agradecer?
Juntando às dinâmicas, a mesa questionou aos jovens. Será que todos esses valores que escrevemos no quadro, que dividimos e dialogamos aqui, será que eles são fundamentais para temer à Deus?
Se inspire em Jó, nunca deixe de temer à Deus, mesmo que esteja entre a vida e a morte, ele nunca te abandonará. 
JCSFilho



















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages