MAS PORQUE TODOS SOMOS CHARLIE? - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

" Criatividade a serviço da Evangelização "

COR JOVEM - Grupo de Jovens Católicos

1/12/2015

MAS PORQUE TODOS SOMOS CHARLIE?


O mundo ficou chocado com mais um ato de estupidez e fanatismo religioso, mas em contrapartida a isso também aconteceu mais uma vez o já "tradicional" o fenômeno da solidariedade das HASTAGS, nada contra, mas depois de muito debatermos com amigos chegamos a esse post e esperamos que ele ajude a esclarecer algumas coisas.




















A seguir a seleção de alguns trechos com opiniões


Trecho retirado do site http://www.freirojao.com.br/2015/01/je-serais-charlie-hebdo.html


"O Antigo Testamento tinha o "olho por olho, dente por dente". Na verdade isto é mais velho que Moisés, vem desde Hamurábi. Atualmente parece primitivo e cruel. Mas observem que grande parte do horror do atentado em Paris vem que mesmo a velha lei do Talião foi violada. 

A Escritura ensina que Lamec, filho de Caim, na espiral do pecado no mundo, jurou matar um jovem por uma cicatriz. Se revidar é pecaminoso, ensinou o Senhor, a desproporcionalidade dos revides é pecado sobre o pecado, é hediondo. Olho por olho, dente por dente, cartoon por cartoon? Que nada! Por um cartoon matarei doze homens! Até o velho Hamurábi há quatro mil anos atrás ficaria horrorizado com o que ocorreu em Paris."

Trecho retirado do site http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2015/01/o-caso-charlie-hebdo-alguns-urubus-sao-mais-espertos-que-outros-5753.html, escrito por Leonardo Boff.



"Alguns chamam os cartunistas mortos de "heróis" ou de os "gigantes do humor politicamente incorreto", outros muitos os chamam de "mártires da liberdade de expressão". Vou colocar na conta do momento, da emoção. As charges polêmicas do Charlie Hebdo, como os comentários políticos de colunistas da Veja, são de péssimo gosto, mas isso não está em questão. O fato é que elas são perigosas, criminosas até, por dois motivos.


O primeiro é a intolerância. Na religião muçulmana, há um princípio que diz que o Profeta Maomé não pode ser retratado, de forma alguma. Esse é um preceito central da crença Islâmica, e desrespeitar isso desrespeita todos os muçulmanos. Fazendo um paralelo, é como se um pastor evangélico chutasse a imagem de Nossa Senhora para atacar os católicos…"

Trecho retirado do site http://www.brasil247.com/pt/247/mundo/166161/Porque-eu-n%C3%A3o-sou-Charlie.htm, por Plínio Zúnica que é estudante de Língua e Literatura Árabe da Universidade de São Paulo

"O que as caricaturas de Mohammad fazem é respaldar ódio e ignorância sobre o islã, as comunidades muçulmanas francesas e os povos árabes", diz Plínio Zúnica, estudante de língua e literatura árabe da universidade de São Paulo; "a mobilização massiva criada em torno do slogan "Je suis Charlie", se for ausente de uma crítica séria sobre a situação dos muçulmanos na Europa e as razões da islamofobia na França, tende a ser apenas combustível para a xenofobia e os partidos ultraconservadores", alerta Zúnica

Apresentar um contexto é imprescindível, não para justificar tamanha atrocidade, tampouco para defender ou condenar ninguem é sim para que possamos conhecer todos os meandros dessa história e a partir daí definirmos se SOMOS OU NÃO CHARLIE!

PAZ E BEM !
COR Jovem - Juventude Verdade e Fé.




Outros links recomendadíssimos






Um comentário:

Post Bottom Ad