Dia 04 - Sobre passos cansados e esperança. - COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

COR JOVEM - Grupo de jovens católicos !!!!

" Criatividade a serviço da Evangelização "

Post Top Ad

Dia 04 - Sobre passos cansados e esperança.

Compartilhe esse Post
Olá amigos, chegamos ao quarto passo da nossa jornada, ontem alguns detalhes físicos quase prejudicaram o nosso projeto. mas a perseverança é a força dos fracos.

"Quem está cheio das glórias do mundo se assemelha à bexiga que, cheia de vento, parece maior do que é; basta uma picadinha da agulha da morte e se verá o pouco que é."

Bom, com passos lentos fui a mais um dia de trezena, o quarto, estava exausto por conta de um dia bem desgastante, algumas dores já me incomodavam muito,confesso que não tivera a mesma disposição das outras noites, fui ontem afim de vivenciar experiências simples e assim subi a colina, cheguei um pouco atrasado, mas assim  que cheguei fui recebido com muito carinho pelos amigos de sempre, nada como receber um abraço forte quando agente sente-se enfraquecido, cheguei na trezena e logo me encontrei com um amigo e "ex-adversário" de web, fomos relembrando momentos das nossas jornadas interativas, foi legal saber que ele compactua da mesma opinião que a minha quando falávamos do entusiamos com a iniciativa dos jovens da JM em dar sequência naquele trabalho de outrora feito por nós,  www.santoantonioaracaju.com.br , entre outras conversas.
fonte: www.santoantonioaracaju.com.br
Na noite de ontem o Pe. Joélio foi o pregador, ele foi bastante animado, muitos riam com sua tiradas incríveis, confesso que não fiz como em outros dias, nada contra o Pe., pois aquela noite merecia um olhar menos mecânico, só lembro-me de uma palavra que foi repetida várias vezes pelo padre,"ESPERANÇA", sentei no batente na lateral da igreja que fica quase no chão, "quase no chão", olhando todos de baixo, um olhar humilde,simplório. Durante alguns minutos apenas observei meus amigos e sua fés singulares não deixei de olhar também para os que torcem o nariz para minha pessoa (de forma injusta diga-se de passagem) foi uma experiência única, pois apesar de toda distração normal de uma missa campal todos em algum momento demonstram sua fé, que no fundo é igual, mesmo com pessoas de pensamentos e opiniões  tão diferente e que bom que é assim .
 Mas tarde já em casa terminando meu dia percebi que a palavra "ESPERANÇA" repetida tantas vezes pelo Pe. Joélio naquela noite encaixaria perfeitamente com a palavra "UNIDADE" e não estou falando em sermos iguais ou únicos e sim como dissera na noite anterior pelo Pe. Ricardo  " Reconheça a fragilidade do outro" e eu o completo dizendo reconheça as qualidades do outro, olhe para o vizinho companheiro de lutas como um instrumento de fé tão quanto você é, MENOS CARAS E BOCAS FEIAS E MUITO MAIS SORRISOS VERDADEIROS, " (esse é o meu humilde conselho) e quem sabe assim possamos começar a construir algo parecido com "Céu". Com a ESPERANÇA que um dia conseguiremos.


"A fé se compara ao peixe. Assim como o peixe é batido pelas freqüentes ondas do mar, sem que morra com isso, também a fé não se quebra com as adversidades."

Danilo Rafael Nery de Oliveira 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages